pistonudos.com

Volkswagen admite que #dieselgate TDIs perderá desempenho após atualização


A Volkswagen não comentou oficialmente o que o Sueddeutsche Zeitung tinha dito. Mais uma vez, como eu enfatizei dias atrás, é impossível para eles não saberem se este era o caso ou não. A Volkswagen, por toda a sua conversa sobre transparência, ainda não diz uma palavra sobre isso, o que só serve para piorar a situação.

No final da tarde recebemos uma microcomunicação da Volkswagen, via Reuters, onde eles se limitaram a dizer "neste momento estamos focados em trabalhar intensamente para encontrar soluções".


Mas, ao mesmo tempo, em resposta a perguntas específicas, a Volkswagen reconheceu que os motores de dois litros TDI e 1,2 litros EA189 "exigirão apenas modificações de software" para se tornarem legais novamente, enquanto os 1,6 TDIs afetados exigirão modificações técnicas físicas que não podem ser concluídas "antes de setembro de 2016", o que é praticamente um ano de espera.

O reconhecimento da necessidade de alterações físicas para cumprir a Euro5 é, por sua vez, um reconhecimento implícito de que aqueles motores EA189 de 1,6 litros não foram capazes de passar o ciclo de homologação com as emissões exigidas se não fosse pela batota no código aplicado, por isso, mesmo que ainda não o reconheçam por escrito e abertamente, sabemos agora que, de facto, não só enganaram, mas sem essas batota esses motores não teriam conseguido o certificado de emissões exigido para a comercialização.

Por outro lado, a empresa reconheceu que os motores perderão performance após a atualização, embora tenham indicado que o consumo não será afetado. Podemos esperar uma perda de torque e potência máxima.


Adicione um comentário a partir de Volkswagen admite que #dieselgate TDIs perderá desempenho após atualização
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.