pistonudos.com

Já conhecemos o novo Mercedes-Benz Classe E de 2016

Como você já deve ter visto nas fotos que vazaram há alguns dias, esta nova versão não se destaca por um design inovador, se não exatamente o contrário. Esta quinta geração da Mercedes-Benz Classe E não nos surpreendeu e, como esperado, segue a estratégia definida pela empresa alemã da Baviera, que leva o mesmo design e o molda a tamanhos diferentes.

O novo modelo aumentou em 65 milímetros a distância entre eixos, adicionando um total de 2.939 mm na sua versão standard. Assim, o comprimento é de cerca de 43 mm, medindo 4.923 mm, pelo que se assume que haverá mais espaço para o compartimento de passageiros. Também é 2 mm mais estreita e 6 mm mais baixa do que a sua antecessora.


Na cabine encontramos um design de tela dupla, sendo uma dessas "tablets" para o painel de instrumentos, e a outra localizada no centro, para o sistema de entretenimento. Todos eles têm 12,3 polegadas. O sistema multimédia é controlado a partir do touchpad, e reconhece a utilização do comando por voz, além de introduzir a novidade de um volante multifunções com comandos tácteis integrados no mesmo.

A nível tecnológico, a Classe E está equipada com uma série de assistentes que vêm para facilitar as coisas, tanto em termos de conforto como de segurança. Um deles é o sistema Drive Pilot, que em resumo, é capaz de regular a velocidade em relação a outros carros que nos precedem, e de pilotar o volante para fazer curvas automaticamente. Outros sistemas incluem os serviços de comunicação Car-to-X, frenagem automática em caso de emergência de tráfego e o serviço de estacionamento remoto através de um aplicativo para smartphone.


Também se destaca a possibilidade de utilizar o nosso telefone como chave, o detector activo de mudança de faixa, baseado em câmaras e radar, que ajuda o condutor a ir para a faixa escolhida, por exemplo na ultrapassagem, onde o sistema é accionado ao detectar que a activação do sinal de curva durante mais de dois segundos.

Da mesma forma, o novo Mercedes Classe E incorpora o Impulso Pré-Safe ou Lateral. Um sistema opcional que actua em caso de colisão lateral iminente. Isto afasta automaticamente o condutor ou passageiro da zona de perigo. Para isso, uma câmara de ar é insuflada no lado do impacto, aumentando a distância entre o ocupante e a porta e diminuindo as forças que actuam sobre ele.

Sob o capô deste sedan, podemos encontrar uma gama de motores que irão crescer gradualmente. Terá oito motores de quatro, seis e oito cilindros, com nomes diferentes: E200 (184 cv), E220 (195 cv), E200d (150 cv), E250 (245 cv), E400 4Matic (333 cv), um novo turbodiesel de 6 cilindros de 3 litros no 350d e como substituto do E63 AMG um V8 bimotor de 4,0 litros que irá desenvolver 580 cv.


Para além destes motores, a Mercedes apresenta uma variante híbrida plug-in. O E350 tem o mesmo motor a gasolina de quatro cilindros do E200 e desenvolve, juntamente com um motor elétrico, um total de 279 hp. Pode ser conduzido em modo totalmente eléctrico durante 30 km e promete uma aceleração nos 0 a 100 km/h de 6,2 segundos.

Ainda não há data oficial de comercialização, mas tudo indica que será na primavera. Embora em design se assemelhe à Classe C e Classe S, esta nova Classe E é o carro-chefe da marca, no que diz respeito à tecnologia.


Adicione um comentário a partir de Já conhecemos o novo Mercedes-Benz Classe E de 2016
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.