pistonudos.com

Audi adiciona quattro drive ao TT diesel

Não é a primeira vez que podemos escolher um Audi TT com motor diesel e tracção integral, a segunda geração que entrou à venda em 2006 poderia equipar este sistema de tracção com o motor TDI de 170 cv.

Aproximadamente 50% dos TT vendidos no mundo têm quattro drive e a Audi decidiu incorporá-lo na versão diesel, que na Europa terá muitos seguidores, de modo que a versão quattro TDI terá um papel bastante importante na gama. O sistema de tração é bem conhecido em outros modelos da marca, consiste em uma embreagem eletro-hidráulica multiplaca em condições normais, envia o torque para as rodas dianteiras e quando uma situação de baixa aderência no eixo dianteiro, envia parte do torque para o eixo traseiro. Este sistema funciona em paralelo com o controle seletivo de torque em cada roda para otimizar a capacidade de tração.


Em princípio pode parecer que não é demasiado lógico montar um motor diesel num corte claramente desportivo, mas não é menos verdade que há clientes que gostam da estética do carro mas precisam de percorrer muitos quilómetros por ano e para isso uma versão com motor a gasolina não seria suficientemente rentável, não em vão, a versão diesel sempre teve uma grande percentagem de vendas dentro da gama TT e a Audi não deveria deixar os seus clientes irem à concorrência.

O Audi TT Coupe 2.0 TDI quattro S tronic acelera de 0 a 100 km / h em 6,7 segundos e pode atingir uma velocidade máxima de 234 km / h. O Roadster cobre o sprint curto em 7 segundos, com uma velocidade máxima de 230 km/h. Para o Coupé, o quattro S tronic 2.0 TDI tem um consumo médio de combustível de acordo com o ciclo NEDC de 5,2 litros de combustível por 100 km, enquanto no Roadster este valor é de 5,4 l/100 km.


Se compararmos este TDI de 184 cv com a gasolina mais próxima em termos de potência, o TFSI de 180 cv, ambos em versão coupé, temos que a gasolina homologa um consumo médio de 5,9 l/100km na sua versão com caixa de velocidades S-Tronic e tracção às rodas dianteiras, uma vez que para este motor não está disponível tracção quattro. Isto significa um consumo de 0,5 l/100km a menos na versão diesel, no entanto, tenha em mente que a gasolina é de tração dianteira e diesel de tração total, caso contrário, a diferença no consumo seria um pouco maior. Estes também são números homologados, no mundo real a diferença aumenta para 1,5 l/100 km.


As versões com quattro drive e caixa de velocidades S tronic já estão disponíveis para a formalização de encomendas, com um preço na Alemanha de 41.250 euros para o Audi TT Coupe, e 43.650 euros para o Roadster. As entregas terão início no início de 2017.

Conceito Audi Aicon ❯
Adicione um comentário a partir de Audi adiciona quattro drive ao TT diesel
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.