pistonudos.com

Polestar dá o seu toque ao Volvo XC60 T8 e aumenta a potência para 421bhp


O XC60 Polestar combina o motor 2.0 Turbo (T8), também utilizado em outros modelos da marca, com um motor elétrico, alcançando uma potência total combinada de 421 cv. É o Volvo mais potente da história ao lado do XC90 T8 também preparado por esta divisão desportiva. Os rapazes da Polestar aumentaram a potência do motor T8 para 334 cv - nas versões "normais" desenvolve 310 cv - e combinaram-no com um motor eléctrico de 87 cv.


O sistema de gestão da caixa de velocidades foi ligeiramente modificado para que não haja mudança de velocidades quando o carro está em apoio dentro de uma curva. O torque de médio alcance também foi melhorado, uma decisão bastante lógica, uma vez que esta será a gama de rotações mais utilizada. O consumo médio de combustível é de 2,1 l/100 km, de acordo com o ciclo europeu NEDC. Já sabemos que este número será praticamente impossível de atingir na realidade, ainda mais no caso de um modelo híbrido, em que se assume que o motor eléctrico funcionará para toda a autonomia aprovada para a bateria, que neste caso é de 45 km. Além disso, é um híbrido normal.

Entre os seus rivais por tamanho encontramos o Audi Q5, BMW X3, Jaguar F-Pace, Mercedes-Benz GLC, todos eles nas suas versões mais potentes têm potências inferiores a 400 cv. Outro possível rival poderia ser o Alfa Romeo Stelvio QV com 510 cv -89 mais do que o Volvo-. Nenhum dos rivais acima mencionados está equipado com um sistema híbrido a este nível de potência, por isso, de momento, não há nenhum rival directo.

A versão T8 não será a única a receber modificações da mão do Polestar, também estará disponível, dependendo do país, com as versões T6, T5, D5 e D4. No momento, a marca sueca não forneceu dados sobre preço ou equipamento.


Adicione um comentário a partir de Polestar dá o seu toque ao Volvo XC60 T8 e aumenta a potência para 421bhp
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.