2017 Bússola de Jipe e Trailhawk de Bússola

A gama será composta pelo Compass Sport, Latitude, Limited e Trailhawk.

O Jeep Compass será oferecido com tração dianteira ou integral em todo o mundo, com três motores a gasolina e dois a diesel (dependendo do mercado). Para além das caixas manuais de seis velocidades, pode ter uma transmissão automática Aisin de seis velocidades para a 4×2, enquanto a 4×4 só optará pela caixa de nove velocidades.

No eixo traseiro tem um eixo de acoplamento, que mantém o veículo em tracção à frente para ter um consumo mais controlado em condições de boa aderência. Se for necessária mais tracção, o mecanismo de acoplamento é activado imediatamente. É possível desviar até 100 por cento do torque para uma única roda, embora o Jeep não explique como. O Compass 4×4 vem com controlo inteligente de tracção Selec-Terrain (com programas automáticos, neve, sujidade e lama).


Aqueles que exigem mais desempenho fora de estrada devem conferir o Compass Trailhawk. Esta versão apresenta um redutor (relação 20:1), modo Selec-Terrain para rochas, mais distância ao solo e protecções, melhores ângulos (30º de ataque, 24º ventrales e 34º de saída), controlo de descida, 17″ pneus todo-o-terreno e uma capacidade de fording de mais de 480 mm. Visualmente pode ser distinguido dos seus irmãos de gama. Neste segmento não há praticamente nenhum outro rival com uma caixa de redução.

Baseia-se na pequena plataforma de arquitectura ampla da FCA, tem suspensão independente de quatro rodas e terá um excelente desempenho no alcatrão, de acordo com os seus fabricantes. Não parece ter uma suspensão excepcionalmente larga, mas também não é um Wrangler, que é muito mais off-road do que orientado para a estrada.


O design do Jeep Compass tem um pilar C com uma forte personalidade, bem como protecção plástica por baixo da carroçaria e a opção de um tejadilho flutuante preto com pilares pintados de preto. Os sete elementos da tradicional grelha de jipe parecem mais baixos do que o habitual, e os aglomerados de luz são de tamanho muito razoável. O capuz pode vir em duas cores, e olhar para o seu relevo nos lados.

No interior encontramos um interior aparentemente bem acabado, com algumas notas de cor nas colunas, no painel de instrumentos e à volta da alavanca de mudanças. O selector do modo de condução está situado entre a caixa de velocidades e a climatização e o tradicional travão de estacionamento foi substituído por um eléctrico. Dentro do painel de instrumentos há um grande visor digital com múltiplas informações.

O console central abriga a quarta geração do sistema de infoentretenimento UConnect, medindo 5″, 7″ ou 8.4″, dependendo da versão. Tem compatibilidade nos modelos superiores com Android Auto e Apple CarPlay para melhorar a comunicação diária com os telemóveis mais recentes. Nesta geração, a FCA fala de maior velocidade, maior facilidade de uso e maior resolução gráfica. Ainda não temos muitos detalhes de equipamento, embora você possa curtir nas fotos assentos de couro, controles do volante, até 70 recursos de segurança, sensores de estacionamento, teto solar e assim por diante.

Será fabricado na China, Brasil, México e Índia; para o mercado europeu, provavelmente virá de um destes dois últimos países. Ainda não temos detalhes específicos para a região EMEA, que é como a FCA se refere ao velho continente (entre outros lugares). Podemos tomar os motores diesel como garantidos, a questão é quais os motores a gasolina que virão para esta área. O 2.4 MultiAir não parece ser um dos candidatos.


Chegará ao mercado europeu antes de Setembro de 2017.

NOTA: As fotos correspondem à versão norte-americana.



Adicione um comentário a partir de 2017 Bússola de Jipe e Trailhawk de Bússola
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.