Lexus CT 200h, em frente ao seu mais recente restyling

At√© que o novo modelo chegue, j√° com a arquitetura TNGA, tem que suportar o que permanece no mercado com um √ļltimo leve restyling. Todas as mudan√ßas s√£o est√©ticas, al√©m de um novo sistema de infoentretenimento com tela de 10,3 polegadas e sistemas de seguran√ßa ativa melhorados. O motor permanece como estava, o 1.8 2NZ-FXE que tamb√©m monta o Toyota Auris 140H (h√≠brido).

Um dos "problemas" do CT 200h é ter tido um chassi muito além das possibilidades do motor, que não é que seja lento (atesto), mas a embalagem promete o contrário. Não há muito barulho, não há muitas nozes. Por outro lado, a combinação híbrida entre esse motor elétrico de 1,8 e o de 80 cv tem sido um dos mais confiáveis do mercado durante anos. O mesmo não se pode dizer de todos os seus adversários da gasolina e do diesel, especialmente quando usados intensivamente na cidade.


Estas duas imagens correspondem ao modelo desportivo CT 200h F, que é um pouco mais ciclado. Tanto no modelo normal como no F Sport, as luzes diurnas foram integradas nas setas superiores dos faróis, e a grelha tem um novo padrão. Desapareceu a desagradável faixa preta do pára-choques à altura da matrícula. Na altura das luzes de nevoeiro, aparar, no F Sport falamos de entradas de ar falsas.

O F Sport recebe duas novas cores, Lava Orange CS e Heat Blue CL.

Lateralmente nada muda, exceto os desenhos das rodas de 15, 16 e 17 polegadas. Na retaguarda, encontramos conjuntos de luzes LED integrais, mais horizontais, mas n√£o t√£o horizontais como no Renault M√©gane. No fundo, um ajuste no p√°ra-choques, e os reflectores traseiros s√£o cobertos por mais sa√≠das de ar falsas. Os trav√Ķes n√£o se cansam neste carro, caramba.


Segundo o gerente de produto no Jap√£o, Chika Kako, o objetivo dessa atualiza√ß√£o √© apelar para os jovens motoristas que gostam de dirigir com garra, mas se preocupam com o meio ambiente. Vai ficar em inten√ß√Ķes. O carro, dinamicamente falando, vai muito bem, mas n√£o encoraja exactamente a "condu√ß√£o animada", pelo menos n√£o no sentido que n√≥s, cabe√ßas de pist√£o, fazemos. Aceitamos que queremos respeitar o meio ambiente, somente os h√≠bridos el√©tricos, plug-in e g√°s natural da concorr√™ncia podem tossir o CT 200h em baixas emiss√Ķes poluentes.

Lexus CT 200h, em frente ao seu mais recente restyling

Quanto ao interior, o carro melhora substancialmente com o ecr√£ maior, mas o comunicado de imprensa n√£o descreve nenhuma funcionalidade melhorada, nem a compatibilidade com o Android Auto ou Apple CarPlay. Mais not√°veis s√£o as combina√ß√Ķes de material expandido, agora tem nove op√ß√Ķes de inser√ß√Ķes e bancos de tecido, mistos ou de couro.

Os mais relevantes de todos os modelos de 2017 s√£o os sistemas de seguran√ßa. Com o Sistema de Seguran√ßa Lexus+, o compacto recebe um sistema de aviso de colis√£o frontal (PCS), controlo de cruzeiro adaptativo com radar, aviso de sa√≠da da faixa de rodagem (LDA) com correc√ß√£o da direc√ß√£o, far√≥is de m√°ximos m√°ximos autom√°ticos (AHB) e reconhecimento de sinais de tr√Ęnsito (RSA). Em outras palavras, estes s√£o principalmente sistemas baseados em c√Ęmeras de TV.

Falta-lhe ainda o aviso de √Ęngulo morto, a travagem autom√°tica dos pe√Ķes, o aviso de tr√°fego transversal traseiro, o aviso de fadiga, etc. No entanto, o equipamento √© decente para um carro contempor√Ęneo. Sua economia de combust√≠vel √© boa para uma gasolina sem part√≠culas t√≥xicas preocupar seu propriet√°rio, e com o adesivo ECO da DGT.


Lexus CT 200h, em frente ao seu mais recente restyling


√Č prov√°vel que o seu sucessor tenha este aspecto. √Č o UX Concept que vimos no ano passado em Paris. Como os crossovers se vendem a si pr√≥prios, a Lexus pode abandonar o segmento compacto e optar por um crossover mais pequeno do que o NX. A Lexus s√≥ tem de copiar a f√≥rmula do Toyota C-HR, que vende como bolos quentes, apesar dos seus "rickety" 122 cv (que rende aproximadamente o mesmo que os 136 cv anteriores devido √† optimiza√ß√£o da plataforma e ao menor peso).

Em 2010, quando o CT 200h foi lan√ßado, ter um h√≠brido compacto premium era mais ex√≥tico do que qualquer outra coisa. Hoje tem vantagens mais not√≥rias, especialmente em Madrid e Barcelona (onde quase 50% est√£o registados em Espanha). No caso da capital, os h√≠bridos saltam as restri√ß√Ķes de tr√°fego no cen√°rio de polui√ß√£o 3 (gasolina e diesel passam pelo n√ļmero de registo final) e podem agora estacionar por metade do pre√ßo na zona SER. Para alguns clientes, tudo isso se torna decisivo, outros preferem usar um crach√° alem√£o em um cap√ī que tem tr√™s cilindros por baixo ou um diesel b√°sico, aqueles que t√™m carros muito mais baratos e t√™m que viajar ocasionalmente de trem, metr√ī ou √īnibus.

Adicione um coment√°rio do Lexus CT 200h, em frente ao seu mais recente restyling
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.