pistonudos.com

ALASKAN Concept, uma antevisão da pick-up global da Renault

A própria empresa do diamante é responsável por afirmar no comunicado de imprensa que o modelo de produção terá dimensões pregadas às do protótipo e características estéticas muito semelhantes.

O que vemos no protótipo é uma pick-up muito semelhante em muitos aspectos à Navara, mas com a nova imagem de marca da Renault, claramente relacionada com os últimos lançamentos. As licenças de protótipo são faróis de LED completos ou rodas de 21 polegadas que permanecerão na estrada, pois não as vemos lógicas para um produto desta orientação.


O protótipo utiliza um motor diesel de quatro cilindros de dupla turbina colocado numa posição obviamente longitudinal (é um pick-up com um chassis de longarinas e barras transversais, com carroçaria adicionada em cima, e tracção integral), e a Renault afirma ter "o melhor rendimento de combustível do mercado". Vamos ver se essa mecânica atinge o modelo de produção, ou se fica apenas com as ofertas mecânicas do Navara NP300.

O modelo japonês, fabricado em Barcelona (e em outros países), equipa um diesel 2,3 com versões de 160 e 190 cavalos de potência máxima, com variantes de tracção traseira ou tracção integral conectáveis.

Não há fotos da cabine do modelo Renault, mas duvidamos que haja mudanças significativas em comparação com a Navara.

O Alaskan vai partilhar a linha de produção em Barcelona com a Navara NP300, algo que já conhecíamos desde Abril passado, garantindo empregos na fábrica. A propósito, este Alaskan e o NP300 ainda vão partilhar a sua genética com mais uma irmã, a Mercedes-Benz, dentro de um ano e um pouco.


Adicione um comentário a partir de ALASKAN Concept, uma antevisão da pick-up global da Renault
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.