pistonudos.com

Cortar carros sob garantia e garagens independentes: você pode?


O que é um cupão de carro?

Já discutimos o que é um cupom de carro e que intervenções e cheques são normalmente incluídos. Gostaríamos de lembrar que o cupom do carro é uma operação normal de manutenção do carro, na qual muitos parâmetros-chave do carro são verificados. Na prática é um verdadeiro check-up geral no qual o carro é analisado e é feita uma tentativa de identificar possíveis problemas antes que degenerem.


Uma boa e regular manutenção é de facto a melhor forma de prevenir danos ou problemas graves no carro. Além de uma condução mais segura, você também economiza muito dinheiro. As centenas de euros gastos no cupão não são, na verdade, nada em comparação com os danos causados pelos problemas mais comuns, tais como uma correia dentada quebrada.

Não devemos confundir um cupom de carro com um serviço de carro. Esta última é, de facto, uma marcação obrigatória de dois em dois anos, na qual o Estado, através dos centros de inspecção técnica autorizados, verifica se o automóvel é seguro para conduzir na estrada. Em outro artigo também cobrimos todas as verificações que são realizadas durante a inspeção do carro.

Onde posso fazer o cupão para o carro?

Ao contrário da inspecção ministerial, o cupão não requer uma autorização ou qualificação específica. Na verdade, este é um dos aspectos que mais confusão cria na mente do motorista: para onde levar o carro para o cupom?

Para o cupom do carro, o motorista tem uma escolha muito ampla. Você pode confiar na oficina mecânica da concessionária onde o carro foi comprado, geralmente conhecida como "oficina autorizada". Alternativamente, você pode contar com as oficinas multimarcas, as das várias redes nacionais, ou com a simples oficina à porta.


Muitos estão convencidos de que o cupom do carro só pode ser feito pela oficina autorizada, mas isso é completamente falso. Ao longo dos anos, de fato, houve várias regulamentações que liberalizaram o cupom do carro para garantir maior concorrência no mercado e, portanto, mais escolha para o cliente.

Como veremos em breve, a fim de evitar a perda da garantia do carro, o cupom deve ser feito seguindo as diretrizes específicas do fabricante. Isto evita danos no carro devido à inexperiência do pessoal ou a práticas de manutenção impróprias.

O que é o Decreto Monti?

Há mais de 18 anos, o Regulamento CE 1400/2002, conhecido como o Decreto Monti, entrou em vigor a nível europeu. Esta directiva tinha e continua a ter por objectivo estimular a livre concorrência entre as garagens independentes e a rede da empresa-mãe. A garantia de 24 meses do fabricante permanece válida, independentemente do local onde o motorista opte por fazer o cupom. Isto na condição de que o mecânico faça o cupom de acordo com as instruções oficiais do fabricante e utilizando peças de reposição equivalentes de fábrica.

Com o Decreto Monti, os motoristas têm mais escolha e podem, portanto, ir a garagens que, ao preencherem o cupom entre si, muitas vezes oferecem um preço muito vantajoso para o cupom do carro. Da mesma forma, muitas pequenas empresas podem ganhar dinheiro com o trabalho de manutenção e conseguir mais clientes.

Em que casos o cupom do carro pode perder a garantia?

A perda da garantia do fabricante do automóvel pode ocorrer por vários motivos que variam de marca para marca. Quando se trata de cupões de carro, a perda da garantia pode ocorrer por dois motivos diferentes:


  • O cupom não é feito de acordo com as diretrizes do fabricante e/ou utilizando peças de reposição de má qualidade. É necessário certificar-se de que o mecânico faz o cupom corretamente, caso contrário, em caso de problemas, a garantia pode não ser válida.
  • O cupão não é executado de todo. Apesar de hoje em dia existirem vários sistemas para notificar a data de expiração do cupão, muitos condutores esquecem-se dele e evitam fazer o cupão. Se o carro tiver uma avaria de fábrica, a garantia pode não cobrir os custos de reparação se os cupões não forem executados a tempo.

Como cuponar o carro em garagens independentes sem perder a garantia do carro?

Para realizar os cupons de carro com tranquilidade e evitar perder a garantia do fabricante, certifique-se de que o mecânico segue ao pé da letra as diretrizes do fabricante. Isto pode ser difícil e por isso recomendamos que só sejam utilizadas garagens independentes de boa reputação.


Uma forma mais objectiva de verificar se o trabalho é feito correctamente e se a garantia não se perde é pedir uma cotação que inclua todos os códigos das peças. Isto irá garantir que as peças utilizadas são originais de fábrica ou de qualidade equivalente.

Porque é que existe confusão sobre onde colocar o cupão do carro sem perder a garantia?

Quase vinte anos após a introdução do Decreto Monti, ainda há muita confusão quando se trata de cupons de carro e da garantia do fabricante. Isto deve-se a uma série de factores, incluindo a falta de educação do automobilista moderno em manutenção e um claro interesse das empresas-mãe em manter os clientes nas suas garagens.

Devemos lembrar que a maioria dos fabricantes de automóveis obtém uma grande parte do seu volume de negócios através da reparação de automóveis através da sua rede de oficinas autorizadas. O Decreto Monti causou uma perda inegável de clientes que agora estão livres para executar o cupom em muitas outras garagens. Infelizmente, você ainda ouve o distribuidor dizer que os cupons feitos fora da rede oficial resultam na perda da garantia.

Adicione um comentário a partir de Cortar carros sob garantia e garagens independentes: você pode?
Comentário enviado com sucesso! Vamos revisá-lo nas próximas horas.